Entenda mais sobre como funcionam as regras de pagamento o seguro-desemprego

Confira exatamente o que é necessário fazer para receber o seguro-desemprego, quantos meses receber e o valor

O seguro-desemprego é um dos benefícios mais importantes para os trabalhadores com carteira assinada que são demitidos sem justa causa.

O benefício prevê um pagamento de três a cinco parcelas com valores que podem variar entre R$ 1.212 até R$ 2.106,08, conforme o que o trabalhador recebia enquanto exercia atividade.

No caso, é necessário lembrar aqui que a solicitação do seguro-desemprego deve acontecer em um prazo de 7 até 120 dias após a data do desligamento para solicitar o benefício.

Quanto tempo preciso trabalhar para receber o seguro-desemprego?

Para saber quantos meses é necessário trabalhar para receber e ainda a quantidade de parcelas que o mesmo terá direito é necessário se atentar às seguintes regras:

  • Recebe três parcelas o trabalhador que comprovar ao menos seis meses trabalhados;
  • Recebe quatro parcelas o trabalhador que comprovar ao menos doze meses trabalhadores;
  • Recebe cinco parcelas o trabalhador que comprovar ao menos vinte e quatro meses trabalhados.

Outro ponto que deve ser esclarecido é que o trabalhador que vai solicitar o seguro-desemprego pela primeira vez deve ter trabalhado pelo menos 12 meses de carteira assinada nos últimos 18 meses anteriores à data da emissão.

No caso do trabalhador que está solicitando pela segunda vez, será necessário ter trabalhado pelo menos 9 meses nos últimos 12 meses anteriores à data da demissão.

Já no caso da terceira solicitação em diante, segue a regra de pelo menos 6 meses para receber três parcelas do seguro-desemprego, 12 meses para receber quatro parcelas e 24 meses para receber cinco parcelas.

Qual o valor do seguro-desemprego?

Para identificar qual será o valor do seguro-desemprego, é preciso entender que é considerado para base de cálculo a média dos três últimos salários do trabalhador anteriores a demissão.

Confira a tabela para saber exatamente quanto receber:

Faixa de salário médio Cálculo da parcela
até R$ 1.858,17 multiplica-se o salário médio por 0,8
de R$1.858,18 até R$ 3.097,26 o que exceder R$ 1.858,17 multiplica-se por 0,5 e soma R$ 1.486,53
acima de R$3.097,26 o valor ser de R$ 2.106,08

Como pedir o seguro-desemprego?

O seguro-desemprego pode ser solicitado nos seguintes canais:

Pela internet

  • Através do aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, disponível na loja de aplicativos do seu celular;
    • No aplicativo basta realizar login com sua conta gov.br

Presencialmente

  • Nas unidades das Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego (SRTE);
  • Nas unidades do Sistema Nacional de Emprego (SINE);
  • Nas unidades da Secretaria Especial da Previdência e Trabalho (SEPT).

Documentos necessários para dar entrada no seguro-desemprego

  • Requerimento do seguro-desemprego (fornecida pelo empregador);
  • Documento de Identidade;
  • Carteira de Trabalho;
  • CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Comprovante de Escolaridade;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho;
  • Comprovante de salário dos três meses anteriores a dispensa.

Nota! Os trabalhadores que solicitam o seguro-desemprego presencialmente devem levar os documentos em cópia e original.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes!

Você, caro leitor, fique à vontade em utilizar nosso conteúdo em seu blog, site e redes sociais, para isso basta citar a fonte e o site (www.menezesbonato.adv.br).

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado só para você!
Confira quem terá acesso aos atrasados do INSS que serão…
Cresta Posts Box by CP