INSS cria uma modalidade para a concessão do auxílio-doença e do BPC! Confira!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

INSS: Nova modalidade para concessão do auxílio-doença e BPC.

Em decorrência à pandemia, o INSS criou uma modalidade para a concessão do auxílio-doença e do BPC. No artigo de hoje vamos esclarecer um pouco mais sobre este assunto. Continue conosco e confira.

Perícia médica

No momento, de acordo com o Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário cerca de 598 mil solicitações estão na fila aguardando a perícia médica, atualmente o cidadão tem que aguardar o prazo de até 90 dias para a concessão do benefício.

Concessão do auxílio-doença

No ano passado, 2020, por decorrência da pandemia do coronavírus, foi autorizado a concessão de um adiantamento de  R $1.045,00 , valor do salário mínimo ano passado, sendo necessário enviar apenas a documentação através dos canais remotos.

Já para este ano,2021, será permitida a concessão do valor integral, em casos que o segurado tenha direito a receber mais do que o mínimo.

INSS e Perícia Médica Federal

Até o momento não há uma previsão sobre a redução exata no tempo de espera, mas estima-se que a avaliação leve um tempo menor.

De acordo com a Secretaria de Previdência, o envio destas documentações tem o objetivo de agilizar a análise do benefício, fazendo com que o segurado não precise ir até uma agência, para a apresentação da documentação.

Benefício de Prestação Continuada

A concessão para este benefício,  também poderá ser facilitada com a possibilidade de análise documental, de acordo com a previdência, no momento há 112 mil de pedidos para o benefício assistencial e do idoso e 37,9 mil do benefício de prestação continuada com deficiência.

O benefício de Prestação Continuada, precisa passar por perícia médica e também perícia social, o mesmo não tem como ser feito a distância.

Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário

De acordo com o IBDP, mesmo que a exclusão da perícia médica irá diminuir a fila, a atitude não será benéfica para os segurados com doenças crônicas.

Fonte: Jornal Contábil

Compartilhe nas redes!

Você, caro leitor, fique à vontade em utilizar nosso conteúdo em seu blog, site e redes sociais, para isso basta citar a fonte e o site (www.menezesbonato.adv.br).

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Recomendado só para você!
A pensão por morte é um benefício previdenciário concedido por…
Cresta Posts Box by CP
Open chat