Projeto da Câmara amplia prazo dos contratos de experiência para até 120 dias. Entenda!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Projeto da Câmara amplia prazo dos contratos de experiência para até 120 dias

Para o deputado, o empregador deve ter o tempo necessário para avaliar o desempenho e adaptação do funcionário.

O Projeto de Lei 2002/21 da Câmara dos Deputados eleva o prazo máximo do contrato de experiência para 120 dias. Atualmente, o prazo em vigor é de 90 dias.

Além disso, o texto amplia de uma para até três vezes a possibilidade de prorrogação do contrato, mantido o limite a cada vez.

“O contrato de experiência procura garantir ao empregador o tempo necessário para avaliar o desempenho e a adaptação do novo funcionário”, disse o autor da proposta, deputado Lucas Gonzalez (Novo-MG).

Segundo ele, as mudanças deverão permitir a devida avaliação e o dinamismo do mercado de trabalho.

O texto em análise na Câmara dos Deputados altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) .

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Compartilhe nas redes!

Você, caro leitor, fique à vontade em utilizar nosso conteúdo em seu blog, site e redes sociais, para isso basta citar a fonte e o site (www.menezesbonato.adv.br).

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Recomendado só para você!
A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou a…
Cresta Posts Box by CP
Open chat