Descubra agora o prazo que o INSS tem para analisar sua aposentadoria

Saiba quanto tempo demora um pedido de aposentadoria

Solicitar um benefício e não ter a resposta no prazo certo, é um dos problemas mais frequentes dos contribuintes do INSS. Segundo a Lei nº 9.874/1999, o prazo para que a autarquia responda a qualquer pedido é de até 30 dias, porém esse prazo pode ser “esticado” caso surja alguma intercorrência.

Já com relação ao prazo para pagamento após a concessão do benefício, de acordo com a Lei nº 8.213/1991, o prazo é de até 45 dias para começar a pagá-lo.

Se você quer saber mais sobre os prazos para analise dos benefícios do INSS e o que fazer caso ele “extrapole” continue a leitura!

Prazos para análise dos benefícios do INSS

Com o acordo no Ministério Público, o INSS deverá cumprir os seguintes prazos a partir de junho de 2021, conforme definido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) no Tema 1066:

  • Benefício assistencial à pessoa com deficiência: 90 dias
  • Benefício assistencial ao idoso: 90 dias
  • Aposentadorias (exceto por invalidez): 90 dias
  • Aposentadoria por invalidez: 45 dias
  • Salário-maternidade: 30 dias
  • Pensão por morte: 60 dias
  • Auxílio-reclusão: 60 dias
  • Auxílio-doença: 45 dias
  • Auxílio-acidente: 60 dias.

Passou do prazo, e agora?

Se o prazo do seu pedido já se esgotou, você tem quatro alternativas:

  1. Continuar aguardando pela resposta do INSS indefinidamente
  2. Enviar uma petição administrativa solicitando a análise imediata
  3. Abrir um mandado de segurança (ação judicial) para exigir a análise do pedido no judiciário.
  4. Ajuizar uma ação judicial que pede a concessão do seu benefício do INSS.

Se optar pela petição ou mandado, será importante contar com a assessoria de um advogado especializado em previdência social.

A diferença entre o mandado de segurança e a ação judicial requerendo o benefício é que o MS busca destravar o processo parado, obrigando o INSS a cumprir o prazo legal determinado pelo STF.

Com o mandado de segurança, o juiz determina um prazo para que rapidamente o INSS analise o seu pedido, pois o prazo dele já se esgotou, caracterizando uma ilegalidade.

Como consultar a situação do meu benefício?

1º Passo: Você precisa entrar no site do Meu INSS através deste link.

2º Passo: Faça o login no site do Meu INSS, caso você ainda não tenha uma senha, deve clicar em “cadastrar senha” e seguir os passos do cadastro.

3° Passo: Após entrar no sistema, clique em “Meus Benefícios”. Aparecerá todos os benefícios que você já solicitou, inclusive os ativos.

4° Passo:  Clique no benefício que você solicitou

5° Passo: Apesar que você já tenha visto a situação do benefício solicitado na imagem anterior, após clicar no requerimento desejado, aparecerão as seguintes informações: número do requerimento do benefício, espécie e situação.

Com relação a situação, poderão aparecer 3 resultado:

  1. Habilitado – você entregou seus documentos no INSS e eles estão sendo analisados;
  2. Deferido – seu benefício foi analisado e ele vai ser concedido para você;
  3. Indeferido – seu benefício foi analisado e o negara

Fonte: Jornal Contábil

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes!

Você, caro leitor, fique à vontade em utilizar nosso conteúdo em seu blog, site e redes sociais, para isso basta citar a fonte e o site (www.menezesbonato.adv.br).

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado só para você!
A partir de 2023, o INSS adotará uma nova sistemática…
Cresta Posts Box by CP

AVISO DE GOLPE

Logo New - Menezes Bonato Advogados Associados

Prezados clientes, informamos que tem pessoas usando indevidamente o nome do nosso escritório e até o nome dos advogados como por exemplo, se passando pela Dra. Danielle, onde o fraudário impostor está solicitando que seja feito o pagamento de algumas taxas para que seja liberado os valores do processo, a foto desta pessoa está com o logo do escritório e eles se apresentam como Dra. Danielle Ribeiro de Menezes Bonato em alguns momentos.

Informamos que não enviamos mensagem solicitando pagamentos, TED ou transferência e pedimos que caso venha ocorrer essa situação para imediatamente entrarem em contato conosco nos telefones do escritório (19) 3444-8624 / 3713-8614.

Agradecemos a compreensão.

Menezes Bonato Advogados