Reaposentação – Tudo o que você precisa saber sobre os reajustes da aposentadoria!

Entenda o que é a  reaposentação, a desaposentação e como receber seus benefícios de aposentadoria!

A chegada da aposentadoria gera certa expectativa em todos nós contribuintes, e é considerada, por vezes, um alívio.

É um tempo em que se pode descansar, recebendo o justo retorno do governo!

Sendo assim, as únicas preocupações que se são em realizar sonhos que não foram possíveis enquanto trabalhávamos, investir tempo em algum hobbie ou apenas curtir o crescimento dos netos.

Pois é, todos nós conhecemos, senhores e senhoras já aposentados, pessoas que contribuíram com o Estado durante a maior parte da vida e, após encerrarem suas carreiras, passaram a receber um benefício financeiro baseado em cálculos feitos a partir da remuneração recebida e, também, no motivo da aposentadoria – sendo os dois mais comuns por tempo de contribuição e pelo alcance da idade mínima.

Porém, quando o contribuinte se aposenta por tempo de serviço, é comum que ele tenha saúde física, mental e vontade de continuar trabalhando…

Sendo assim, provavelmente, você conhece pessoas que seguiram trabalhando com registro depois de se aposentar – geralmente por tempo de contribuição – para, novamente, poderem se aposentar, dessa vez alegando a chegada da idade mínima – 60 anos para mulheres e 65 anos para homens.

Para esses casos, são conhecidos dois termos: a desaposentação e a reaposentação!

Entenda a diferença:

  • Desaposentação: quando é feita uma revisão da aposentadoria, incorporando os dois períodos trabalhados, antes e depois do primeiro cálculo;
  • Reaposentação: quando o novo cálculo feito é baseado apenas no período trabalhado após a primeira aposentadoria.

A desaposentação foi um recurso bastante procurado até 2016, quando o STF proibiu o recurso em um julgamento que durou 6 anos. 

Desde então, o recurso foi transformado e apresentado como o conceito de reaposentação.

Veja bem, se você, como um contribuinte, se aposentou, mas seguiu trabalhando por anos, podendo reavaliar e incluir o tempo de serviço após a aposentadoria, teve o benefício negado. 

A outra forma de reavaliar sua situação passou a ser, então, a reaposentação que, como mostrado acima, calculava apenas o segundo período de contribuição.

A reaposentação – único recurso para quem continuou contribuindo após a aposentadoria – foi bem aceita e utilizada por várias pessoas, pois, em alguns casos, o benefício chegou a ser maior do que a primeira aposentadoria.

Contudo, no mês passado, mais precisamente, no dia 06 de fevereiro de 2020, ela foi também proibida pelo STF!

A situação, então, parece perdida para quem está nessa situação, e esperava entrar com processo de reaposentação junto ao STF, mas existem outros recursos possíveis para conseguir uma reavaliação do tempo trabalhado.

Se você está nessa situação, e não sabe como pode rever a sua situação trabalhista, isso não é o fim do mundo.

A reaposentação pode ter sido proibida pelo STF, mas você não pode ficar desamparado! É preciso recorrer aos seus direitos!

Encontre um profissional em Direito à disposição para entender a sua situação, tirar todas as suas dúvidas e ajudar da melhor forma possível!

Entre em contato com um advogado para maiores informações ou, até mesmo, realizar uma avaliação do seu caso!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes!

Summary
Reaposentação: o que é e o que significa para os aposentados?
Article Name
Reaposentação: o que é e o que significa para os aposentados?
Description
Leia nosso artigo a seguir e entenda o que é a reaposentação, a desaposentação e como receber seus benefícios de aposentadoria!
Author
Publisher Name
Menezes Bonato
Publisher Logo

Você, caro leitor, fique à vontade em utilizar nosso conteúdo em seu blog, site e redes sociais, para isso basta citar a fonte e o site (www.menezesbonato.adv.br).

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado só para você!
O aumento do salário mínimo em fevereiro mudou o piso…
Cresta Posts Box by CP

AVISO DE GOLPE

Logo New - Menezes Bonato Advogados Associados

Prezados clientes, informamos que tem pessoas usando indevidamente o nome do nosso escritório e até o nome dos advogados como por exemplo, se passando pela Dra. Danielle, onde o fraudário impostor está solicitando que seja feito o pagamento de algumas taxas para que seja liberado os valores do processo, a foto desta pessoa está com o logo do escritório e eles se apresentam como Dra. Danielle Ribeiro de Menezes Bonato em alguns momentos.

Informamos que não enviamos mensagem solicitando pagamentos, TED ou transferência e pedimos que caso venha ocorrer essa situação para imediatamente entrarem em contato conosco nos telefones do escritório (19) 3444-8624 / 3713-8614.

Agradecemos a compreensão.

Menezes Bonato Advogados