Será que o seguro desemprego é um direito assegurado também aos aposentados?

Entenda as regras e impedimentos, quando o assunto é a relação entre aposentadoria e seguro-desemprego

O seguro-desemprego trata-se de um benefício cujo principal intuito é amparar financeiramente o trabalhador demitido sem justa causa. A ideia é garantir o sustento do beneficiário e de sua família, enquanto ele não consegue um novo emprego. Ainda sim, a duração do provento varia entre 3 e 5 parcelas, a depender do pedido.

Atualmente, existem cidadãos que recebem a aposentadoria, todavia, permanecem em seus empregos formais. Como o seguro-desemprego está entre as verbas rescisórias pagas ao trabalhador, em casos de dispensa sem justa causa, muitos questionam se é possível receber o benefício.

Indo direito ao ponto, não é permitida a concessão do seguro-desemprego ao mesmo tempo que se recebe algum benefício de prestação continuada da Previdência Social, com exceção para pensão por morte ou auxílio-acidente, conforme previsto na Lei 8.213/1991. Ou seja, caso o aposentado seja dispensado, mesmo que seja sem justa causa, ele não terá direito aos pagamentos do seguro.

Em suma, isto ocorre, pois, o recebimento conjunto do seguro-desemprego com a aposentadoria, fere as normas referentes ao intuito do benefício trabalhista, tendo em vista, que o seguro tem como intuito amparar trabalhadores que não possuem outra fonte renda, além do emprego ao qual acabou de ser dispensado.

Nesta linha, os repasses mensais da aposentadoria representam uma outra fonte de renda, vedando assim o direito ao seguro-desemprego. Contudo, o aposentado ainda poderá receber todas as demais verbas rescisórias pagas na dispensa.

Demissão sem justa causa e direitos do aposentado

Dentre as verbas rescisórias pagas em uma dispensa sem justa causa, apenas o seguro-desemprego é vedado ao aposentado. Isto quer dizer que, assim como outros trabalhadores, o assistido do INSS, poderá receber as seguintes verbas rescisórias:

  • FGTS: será possível sacar os valores do fundo, e receber uma multa de 40% sobre saldo depositado pelo empregador;
  • 13º salário: benefício proporcional aos meses trabalhados anteriores à demissão;
  • Aviso prévio: pode ser trabalhado ou indenizado;
  • Saldo salário: proporcional ao tempo trabalhado;
  • Férias: é garantido o recebimento de férias proporcionais e vencidas, acrescido do valor de ⅓ constitucional sobre a quantia devida.

Fonte: Jornal Contábil

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Fale com um Especialista!

Áreas de Atuação

Direito Previdenciário

Direito Trabalhista

Direito de Família

Direito Civil

Mais Populares

Saiba Se O Valor Da Sua Aposentadoria Está Correto! (1) - Menezes Bonato Advogados Associados
Saiba se o valor da sua aposentadoria está correto!
Veja 4 passos simples para antecipar sua aposentadoria do INSS!
Veja 4 passos simples para antecipar sua aposentadoria do INSS!
Como Solicitar O Benefício Da Aposentadoria Pelo Meu Inss - Menezes Bonato Advogados Associados
Veja como solicitar o benefício da aposentadoria pelo Meu INSS!
Saiba Tudo Sobre O Irpf 2024 Para Aposentados! - Menezes Bonato Advogados Associados
IRPF 2024 para aposentados: como funciona a declaração?
Saiba Tudo Sobre A Revisão Do Benefício De Aposentadoria - Menezes Bonato Advogados Associados
Saiba tudo sobre a revisão do benefício de aposentadoria!
Saiba Como Funciona E Quem Tem Direito à Aposentadoria Mental! - Menezes Bonato Advogados Associados
Saiba como funciona e quem tem direito à aposentadoria mental!

Quer agendar um atendimento?

Preencha o formulário ao lado, contando um pouco sobre que tipo de auxílio precisa, ou entre em contato através dos links abaixo.

Email

contato@menezesbonato.adv.br

Matriz

Telefone Fixo

(19) 3441-1181

Endereço Matriz

Rua Sete de Setembro, 602 - Centro - Limeira/SP

Unidade Av. Paulista

Telefone Fixo

(11) 2770-0041

Endereço Av. Paulista

Av. Paulista, 1636, 15° andar, Cerqueira César - São Paulo/SP

Formulário de contato

Qual área precisa de auxílio?