Cuidado: não preenchimento correto do PPP pode afetar sua aposentadoria!

Você sabia que a maior parte dos pedidos de aposentadoria especial é negada pelo Instituto Nacional do Seguro Social INSS por erros no preenchimento do Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP)?

Mas a boa notícia é que é possível recorrer administrativamente e na Justiça. Para prevenir que os pedidos nesses casos sejam negados, o PPP deve ser fornecido pela empresa com informações detalhadas sobre as atividades executadas e a quais tipos de efeito nocivo o profissional estava exposto.

Mas, em primeiro lugar, vamos explicar o que é a aposentadoria especial.

Aposentadoria Especial do INSS

A aposentadoria especial é um benefício pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social para o trabalhador que se aposenta e que, durante o trabalho, tenha tido alguma exposição à saúde, como calor ou ruído de forma contínua e constante, em níveis acima dos limites estabelecidos em legislação.

Após a Reforma da Previdência as regras mudaram quanto ao tempo de contribuição, impondo também a necessidade de já ter certa idade, para a concessão do benefício. Ficou assim:

  • 60 anos de idade para condições que exigem 25 anos de contribuição;
  • 58 anos de idade para condições que exigem 20 anos de contribuição;
  • 55 anos de idade para condições que exigem 15 anos de contribuição.

O PPP é um documento essencial

Para entrar com pedido de aposentadoria especial é preciso ter o Perfil Profissiográfico Previdenciário que é um formulário que pode ser acessado pelo site do INSS.

Ele deve ser preenchido pela empresa empregadora e fornecido a seus funcionários para comprovação de que esteve exposto a algum agente especializante (insalubre ou perigoso), ou que trabalhou em alguma profissão listada como especial em regulamento. Sem o PPP o INSS não poderá reconhecer o benefício.

Daí a importância de ter o PPP preenchido corretamente. Sem ele, nada feito.

Como evitar que pedido de aposentadoria seja negado?

O ideal é procurar a orientação de uma assessoria especializada antes mesmo de entrar com o pedido no INSS, para corrigir erros e evitar recursos que podem atrasar a concessão do benefício.

Se o trabalhador não tiver ajuda profissional,a dica é que pelo menos leia o formulário e verifique se o conteúdo é coerente com a realidade do trabalho que exerceu. Em especial, o campo 14.2, onde a empresa descreve as atividades e os efeitos nocivos a que o trabalhador foi exposto.

Que fazer se o benefício for negado por erros do PPP?

Quem tem a aposentadoria especial negada por erros no PPP é possível entrar com um recurso administrativo no próprio INSS ou judicializar a questão. O INSS costuma negar os benefícios com base em falhas do preenchimento, ao passo que a via judicial discute mais a fundo o mérito do conteúdo.

O uso e a manutenção corretos de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), por exemplo, é um tópico levantado no PPP e que pode modificar o entendimento sobre o grau de insalubridade a que o trabalhador foi exposto.

Fonte: Jornal Contábil.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Fale com um Especialista!

Áreas de Atuação

Direito Previdenciário

Direito Trabalhista

Direito de Família

Direito Civil

Mais Populares

Saiba Se O Valor Da Sua Aposentadoria Está Correto! (1) - Menezes Bonato Advogados Associados
Saiba se o valor da sua aposentadoria está correto!
Veja 4 passos simples para antecipar sua aposentadoria do INSS!
Veja 4 passos simples para antecipar sua aposentadoria do INSS!
Como Solicitar O Benefício Da Aposentadoria Pelo Meu Inss - Menezes Bonato Advogados Associados
Veja como solicitar o benefício da aposentadoria pelo Meu INSS!
Saiba Tudo Sobre O Irpf 2024 Para Aposentados! - Menezes Bonato Advogados Associados
IRPF 2024 para aposentados: como funciona a declaração?
Saiba Tudo Sobre A Revisão Do Benefício De Aposentadoria - Menezes Bonato Advogados Associados
Saiba tudo sobre a revisão do benefício de aposentadoria!
Saiba Como Funciona E Quem Tem Direito à Aposentadoria Mental! - Menezes Bonato Advogados Associados
Saiba como funciona e quem tem direito à aposentadoria mental!

Quer agendar um atendimento?

Preencha o formulário ao lado, contando um pouco sobre que tipo de auxílio precisa, ou entre em contato através dos links abaixo.

Email

contato@menezesbonato.adv.br

Matriz

Telefone Fixo

(19) 3441-1181

Endereço Matriz

Rua Sete de Setembro, 602 - Centro - Limeira/SP

Unidade Av. Paulista

Telefone Fixo

(11) 2770-0041

Endereço Av. Paulista

Av. Paulista, 1636, 15° andar, Cerqueira César - São Paulo/SP

Formulário de contato

Qual área precisa de auxílio?