Sabia que é possível aumentar em até 25% o valor da aposentadoria?

Os aposentados podem receber um adicional de 25%, mediante ao cumprimento de algumas condições.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), disponibiliza um adicional de 25% no valor da aposentadoria que, inclusive, pode ultrapassar o teto da previdência. Contudo, cabe adiantar que não são todos beneficiários que poderão receber o valor extra na mensalidade.

Nesta linha, cabe adiantar que o adicional de 25% é um recurso, exclusivo, da aposentadoria por invalidez. Na verdade, o grupo com direito ao acréscimo ainda é mais restrito, visto que não basta ter recebido o benefício por incapacidade para ser contemplado pela quantia acrescida.

Dito isso, continue acompanhando e veja quais são os requisitos necessários para ter direito ao acréscimo oferecido pelo INSS.

Quem pode receber o adicional de 25%?

Em suma, o valor acrescido é voltado aos segurados que se aposentaram por invalidez, e precisam frequentemente da ajuda de terceiros para realizar as atividades de rotina. Ou seja, o benefício pago aos beneficiários que somente conseguem fazer tarefas comuns ao dia-a-dia, com o auxílio de alguém.

Neste sentido, estamos falando da assistência permanente para tomar banho, se alimentar, se locomover, se vestir, dentre outros exemplos. Veja o que diz o art. 45 da Lei 8.213/1991 que trata do tema:

O valor da aposentadoria por invalidez do segurado que necessitar da assistência permanente de outra pessoa será acrescido de 25% (vinte e cinco por cento)”. 

Condições que darão direito ao adicional

É comum que requerimentos do adicional de 25%, sejam negados pelo INSS, mas ainda sim, existe uma lista de condições que dificilmente não conseguiram o valor acrescido. Confira quais são:

  • Cegueira total;
  • Paralisia dos dois braços ou pernas Perda das pernas, quando a prótese não for possível;
  • Perda de um braço e uma perna, quando a prótese for impossível;
  • Perda de uma das mãos e dois pés, mesmo que a prótese seja possível;
  • Perda de nove dedos da mão ou mais;
  • Doença que exija permanência contínua no leito;
  • Alteração das faculdades mentais;
  • Qualquer condição permanente que necessite de assistência frequente nas atividades diárias.

O que é a aposentadoria por invalidez?

A aposentadoria por incapacidade permanente ou aposentadoria por invalidez trata-se de benefício previdenciário voltado aos segurados que não possuem mais condições de trabalhar, devido a uma doença ou acidente, esteja a ocorrência ligada a atividade laboral ou não.

Em resumo, para receber o benefício, é necessário cumprir com requisitos referentes à qualidade de segurado, incapacidade permanente e carência de 12 contribuições mensais.

Cabe salientar que determinados casos dispensam a carência de 12 meses. Não é preciso cumprir com o referido critério em situações de doenças graves, enfermidades ocupacionais ou acidentes de qualquer natureza.

Fonte: Jornal Contábil

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes!

Você, caro leitor, fique à vontade em utilizar nosso conteúdo em seu blog, site e redes sociais, para isso basta citar a fonte e o site (www.menezesbonato.adv.br).

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado só para você!
Desde julho deste ano é possível ter acesso ao benefício…
Cresta Posts Box by CP

AVISO DE GOLPE

Logo New - Menezes Bonato Advogados Associados

Prezados clientes, informamos que tem pessoas usando indevidamente o nome do nosso escritório e até o nome dos advogados como por exemplo, se passando pela Dra. Danielle, onde o fraudário impostor está solicitando que seja feito o pagamento de algumas taxas para que seja liberado os valores do processo, a foto desta pessoa está com o logo do escritório e eles se apresentam como Dra. Danielle Ribeiro de Menezes Bonato em alguns momentos.

Informamos que não enviamos mensagem solicitando pagamentos, TED ou transferência e pedimos que caso venha ocorrer essa situação para imediatamente entrarem em contato conosco nos telefones do escritório (19) 3444-8624 / 3713-8614.

Agradecemos a compreensão.

Menezes Bonato Advogados