Supremo retoma debate sobre troca de aposentadoria do INSS

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Plenário responde na quinta (6) sobre devolução de valor e nova desaposentação.

O STF (Supremo Tribunal Federal) poderá encerrar nesta quinta-feira o debate sobre o direito do aposentado que continua ou volta a trabalhar, trocar a sua aposentadoria por outra, com valor mais alto.

Conhecida como desaposentação, a ação judicial que permitia a renúncia  do benefício previdenciário foi condenada inconstitucional ao ser julgada pelo Supremo em outubro de 2016.

Nesta quinta, porém,a pauta da primeira sessão do Supremo em 2020 prevê que o plenário elucidará questões não respondidas no julgamento realizado há pouco mais de três anos.

Essa etapa, chamada de embargos de declaração poderá responder as duas perguntas relevantes para os aposentados.

A primeira interessa apenas a quem ganhou uma ação de desaposentação e passou a receber um novo benefício:

Um órgão previdenciário, como o INSS, pode cobrar a devolução de valores recebidos de boa-fé?

Para a diretora de atuação judicial do IBDP (Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário), Gisele Kravchychyn, a devolução seria injusta porque, em 2013, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) havia decidido que a desaposentação era um direito dos aposentados.

“Existia uma decisão de terceiro grau, com efeito para todos os beneficiários, autorizando a desaposentação”, reforça Kravchychyn. “A redução do benefício recebido vai acontecer, mas sobre a devolução, é necessário considerar que o segurado tinha respaldo do STJ.”

O outro ponto que será discutido pelos ministros é sobre a possibilidade de renúncia total da primeira aposentadoria, incluindo todo o tempo de contribuição e valores utilizados no cálculo, para que o trabalhador possa se aposentar outra vez, contando apenas com recolhimentos novos.

Esse tema, que tem sido chamado de reaposentação, reabre a possibilidade de troca de aposentadoria para parte dos trabalhadores que contribuíram para a Previdência após terem se aposentado.

“É uma decisão entre a frieza da legislação previdenciária, que diz claramente que o aposentado não pode receber outro benefício, e o direito de um trabalhador usufruir de uma contribuição que ele foi obrigado a realizar”, comenta o presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciário), Roberto de Carvalho Santos.

TROCA DE BENEFÍCIO | ÚLTIMA ETAPA

  • A desaposentação volta à pauta do Supremo Tribunal Federal nesta quinta feira;
  • Desta vez, os ministros devem esclarecer pontos sem resposta no julgamento de 2016;
  • Esta etapa, que é a ultima de um julgamento, é chamada de embargos de declaração.

Entenda a Desaposentação

Desaposentação - Menezes Bonato Advogados Associados

Veja o que será discutido

Menezes - Menezes Bonato Advogados Associados

Fonte: Folha de S. Paulo

Compartilhe nas redes!

Summary
Supremo retoma debate sobre troca de aposentadoria do INSS
Article Name
Supremo retoma debate sobre troca de aposentadoria do INSS
Description
Plenário responde na quinta (6) sobre devolução de valor e nova desaposentação. Leia nosso artigo e saiba mais sobre o assunto.
Author
Publisher Name
Menezes Bonato
Publisher Logo

Você, caro leitor, fique à vontade em utilizar nosso conteúdo em seu blog, site e redes sociais, para isso basta citar a fonte e o site (www.menezesbonato.adv.br).

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Recomendado só para você!
Saiba mais sobre o que é a aposentadoria de pessoa…
Cresta Posts Box by CP